17/08/12

Luz e o que "ainda hoje" escreveu!

A partir do livro “Diário da tua ausência” de Margarida Rebelo Pinto, a frase encontrada abrindo o livro à sorte: "Ainda hoje não sei"


Ainda hoje não sei o fim daquele amor.
Nós reuníamos tudo, para que um relacionamento sério, pudesse dar certo.
Já passaram alguns anos, mas o sentimento continua vivo.
Combinámos não nos vermos durante algum tempo. Eu fiquei no entardecer e ele “velho” e em ruínas.
Plano infundado. Falhado. Um lânguido beijo, aconteceu.
O mundo era agora um lugar seguro.
Sei que não lerás este texto, porque se o lesses, tudo voltaria ao princípio e não ao fim.

Luz
(Emília Estanque)