20/10/12

Sábado

Sábado...
Três e quarenta da madrugada...
Lá fora, pássaros apressadinhos, madrugadores, sofrendo pela cidade que não mais dorme, já estão a cantar.
Abre os olhos, acorda... O dia está a esperar!
Olha ao lado, amor está ainda a dormir.
Volta, beija-lhe a face!
Enquanto se ajeita, arruma tudo por lá, agradece a vida!
Pouco tem, mas muito lhe sobra. Pois há amor dentro de si!
Ela reflexiona: Vivo feliz!
Viver? É amar sempre! Sempre? Amar é viver!

Chica, Brasil
Publicado aqui:
http://chicabrincadepoesia.blogspot.com.br/2012/10/viver-e-amar.html