09/04/13

Catita


Catita aperaltou-se para sair da capoeira, percebendo que uma agitação diferente reinava por ali. Olhando em volta, vislumbrou sobre a palha um motivo enfeitado e enorme... afinal era só um ovo de Páscoa! Como fora ali parar? Além de experiente poedeira, Catita era também vaidosa e destemida. Pata ante pata foi chegando mais perto, mais perto até lhe conseguir tocar… Estremeceram-lhe as penas todas! No mesmo instante abriu os olhos, ainda estremunhada com o canto do galo.  

Mónica Pinheiro Godinho Silva 

Sem comentários:

Publicar um comentário