26/06/13

Diferentes Realidades

Neste barco de emoções, vagueio sem norte. Constante excitação, esta que me dá prazer, me prende à vida.
Desilusões!... Armadilhas hostis que a vida por vezes nos arma!
Dizem que a inveja mata, mas o medo?... Esse sim, é hoje a minha revolta. Ter de aceitar de uma forma abrupta, novas realidades… perder aquilo que fui e que ainda hoje sou. Intolerantemente ter de me encarar outra pessoa, com uma tristeza envergonhada do tamanho do mundo.

Graça Pinto, 44 anos, Almada


Sem comentários:

Publicar um comentário