19/07/13

E assim parecia fadado

E assim parecia fadado. Estava tudo dito. Não seriam palavras vãs que a acordariam nem seriam os sons da batia do seu coração. Em Julho tudo parecia abafadiço, feito a abelha que fica no cortiço – pensava para si, na tentativa de se lembrar de algo que a socorresse. Nada de novo acontecia. E de repente, abro a janela e vejo-o. Se calhar o mar. Mas estava tudo calmo. A água de Julho, no rio não faz barulho.

Carolina Cordeiro, 34 anos, Ponta Delgada, São Miguel, Açores

Desafio Rádio Sim nº 3 – um dos provérbios dados no fim

Sem comentários:

Publicar um comentário