20/09/13

Sky

Talvez o abandono da mãe prenha o faça sentir-se rejeitado. Um pensamento sobrepõe-se sempre aos demais: medo, muito medo!
Não que a corajosa mãe, não mantivesse vivas as onze crias paridas no jardim público, as benfeitoras não arranjassem lares para todas, ou a família adotiva não o ame, apesar das suas muitas travessuras e da doença: Babesiose.
Mas o “Sky” continua a desconfiar. O terror ainda lhe segreda aos ouvidos: “Cautela, o abandono espreita a cada esquina!”


Maria Manuela Antunes Duarte, 52 anos, Lisboa

(história sem desafio)

Sem comentários:

Publicar um comentário