13/11/13

Arrogância

A rapariga pousou o saco no caos do balcão e ordenou:
– Sr. João, cosa-me esta soca com urgência!
– Credo! Que pressa! Até parece caso de vida ou morte.
– Logo é o baile da Associação. Preciso mesmo delas!
– Estas cabeças ocas da juventude só pensam em folia! – gracejou ele.
Ela conteve-se, a custo.
– Que asco! Velhadas retrógrado! – pensou.
Esperou. Ao receber a soca reparada, ouviu:
– Vê se coas esse mau feitio! Encontramo-nos no baile. Sou um dos organizadores.

Palmira Martins, 57 anos, Vila Nova de Gaia

Desafio Rádio Sim nº 7 – anagramas com S C O A

Sem comentários:

Publicar um comentário