26/06/14

É a hora!

É a hora!
O senhor diretor administrativo vem visitar-nos e nós jamais poderemos falhar. Se falharmos agora, nunca mais teremos ajudas financeiras da parte daquela agência bancária. Estamos prontos, a sala está arrumada e bem ordenada. A empregada está pronta para providenciar todas as necessidades físicas ao diretor.
Este acabara de chegar, quando a empregada de imediato lhe perguntou se ele queria beber alguma coisa. E ele respondeu-lhe de forma lacónica e calma:
– Não, não quero nada.

1º verso – Florbela Espanca; último verso – Fernando Pessoa
Daniel Coimbra, 16 anos e Pedro dos Santos, 17 anos, Lycée Athénée, Luxemburgo, profª Carla Simões

Desafio nº 35 – partindo de dois versos de autor

Sem comentários:

Publicar um comentário