27/08/14

Novo Mundo

A incerteza do mar aberto põe à prova a determinação.  
O vento ora enfuna a ânsia por glória, ora sussurra perigos e ameaças...
Haja terra!
Do alto da gávea o grito desejado:
Terraàvistaaaaaaa!!!
Aportou o barco à ilha. Desconhecida.
Havia pântanos, floresta densa, gritos de aves vereda fora.
Deambulo sozinho e Imaginou um porto, muitos barcos, cidades, comércio, indústria. Civilização!
Experimentando saudades, sonhou até com um nome: York?
A sua York?
Não! Nova York!
Seriam cidades reconstruídas!

Luís Marrana, 52, Oliveira do Douro, Portugal (enviado de Nova Iorque)

Desafio nº 70 – frase de palavras obrigatórias 

Sem comentários:

Publicar um comentário