23/02/15

A inspiração

Por vezes, penso que seria melhor viver na Lua. Nada na Terra me cativa.
As esperanças e os sentimentos, simplesmente, parecem-me poucos e sem vida. Tudo o que interessa não existe ou está submerso! Somente a Lua me dá a inspiração necessária.
Terei de partir, numa viagem intergaláctica, para que nunca mais me falte inspiração. Vou levar apenas um lápis, um bloco-notas e a imaginação. Assim, poderei escrever os contos que quiser!
O resto fica no passado!


Bruna Gomes, 12 anos, Escola Básica de Arrifana, prof. Ana Paula Oliveira