30/05/15

Desafio nº 91

Hoje vamos regressar às imagens e, a partir delas, construir a nossa história.

Aqui fica a de hoje:
Uma gota de chuva escorre sobre algo, serpenteando e ganhando velocidade, até se juntar a uma pequena poça. 

Esta é a imagem metafórica que iremos usar num texto de… 77 palavras, claro!

Eu escrevi assim:
Celeste desumanizava-se a cada palavra que engolia, sem ter a noção do quanto se desfazia. A mãe, gritando palavras sem pena, aprofundava o destino da filha, criticando, desdenhando, menosprezando. Quanto mais Celeste tremia, mais a mãe a desfazia. Contudo, foi de repente surpreendida pelo fim do tremor de Celeste. Ninguém o poderia prever, ninguém. Quando a viu sorrir e afastar o medo, a mãe entendeu. Empurrara a filha para lá do seu mundo. Perdia-a, agora, para sempre.
Margarida Fonseca Santos, 54 anos, Lisboa
EXEMPLOS