17/05/15

Recordações

Maria arrumou o guarda-chuva, afinal não ia sair.
Ultimamente andava muito melancólica.
Subiu ao quarto, tirou o guarda-joias que guardava no fundo do guarda-vestidos.
Ali tinha tudo o que lhe era importante, o relógio do pai ainda trabalhava, comprou-o quando começou a trabalhar como guarda-noturno, bem no fundo a fotografia de Rodrigues, seu vizinho e guarda-redes, sua grande paixão não correspondida.
Tornara-se guarda-livros mas ficara solteira e, sendo filha única, partiria sem ter a quem deixar recordações.

Carla Silva, 40 anos, Barbacena, Elvas

Desafio RS nº 24 – 6 palavras com GUARDA-

Sem comentários:

Publicar um comentário