18/06/15

Programa Rádio Sim 534 – 18 Junho 2015

OUVIR o programa! 

Visite o site da Rádio Sim


Como água de rios
Como que chuva precipitando-se no vidro da janela. Foi assim que se atirou aquele precipício. De olhos vendados, peito aberto, mente a fugir da razão.
Amou daquela vez com jamais imaginara, nada de previsões. Incrível de tudo é esse frescor que o amor concede. A licença poética do abismo. O reverberar de loucas incursões. Insanidade mais justa. E tão efêmero que é dura só o tempo do escorrer, e virar água de rios, e voltar aos oceanos...

Roseane Ferreira, Estado do Amapá, Macapá, Extremo Norte do Brasil
Desafio nº 91 – cena metafórica de gota de chuva que acaba numa poça