27/10/15

Amor verdadeiro

Nós passamos a vida à procura do nosso amor verdadeiro. Conhecemos muitas pessoas, mas nunca sabemos qual vai ser afinal esse amor, o verdadeiro. Pode resultar bem ou mal, mas temos de ter coragem para enfrentar tudo. Às vezes temos algumas dúvidas, mas pode ser que a felicidade esteja mais perto do que achamos. Podemos ter medo, mas não o podemos converter em orgulho face a outra pessoa. É uma tranquilidade ser feliz com o amor verdadeiro.

Blanca Vázquez, 21 anos, Zamora, prof Paula Pessanha Isidoro

Desafio nº 45 – emoções por ordem alfabética 

Sem comentários:

Publicar um comentário