28 fevereiro 2016

O diário

Sempre que eu pegava no meu diário, a Freitas entrava para me ver redigir pois adorava as caretas que eu fazia.
Certo dia, veio até mim e roubou-me o diário. Saiu a correr com tanta pressa que deixou a porta aberta. O vento que lá entrou arrepiou-me completamente.
-Venha cá, Freitas!
Ainda gritei, mas foi sem sucesso. Aquela mulher sempre me disse que eu já não tinha idade para diários mas adorava ler o que eu escrevia.

Catarina Moreira, 13 anos, Arrifana, Santa Maria da Feira
, prof Ana Paula Oliveira
Desafio nº 83 – texto sobre imagem de Francisca Torres

Sem comentários:

Enviar um comentário