28 fevereiro 2016

Tudo por um livro

Habitualmente viajava na segunda carruagem do comboio. Sentava-se junto da janela e, descontraída, abria um livro, seu companheiro de viagem. Um dia, quase a chegar ao destino, o livro escorregou-lhe das mãos e quando se inclinou para o apanhar alguém já lho estendia, fixando-a intensamente. Com as faces ruborizadas desviou o olhar e agradeceu-lhe. Quando chegou ao destino, João convidou-a para tomar café e Isabel aceitou. Os anos passaram e, ainda hoje, continuam juntos na mesma viagem.

Emília Simões, 64 anos, Mem-Martins (Algueirão)

Desafio Escritiva nº 5 – cruzar comboios

2 comentários:

  1. Boa tarde Margarida
    Muito obrigada por ter publicado a minha história.
    Tempo de pensar já no desafio de hoje,))!
    Entretanto vou agora publicar no blogue.
    Beijinhos e boa semana.
    Emília
    Já cgeg+amos a outra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o de hoje vai dar trabalho... ;)
      Um grande beijinho, boa semana

      Eliminar