22/02/16

Partir

Eu sabia-o. Toda a gente o sabia! Nada mais havia a fazer. Tinha de fugir! Se tivesse evitado esta asneira… Bem sabia que era errado, mas só o tinha feito por pura compaixão, amizade e todas essas coisas boas que a gente pode sentir por alguém. Agora, restava fugir com um nome falso para o Alasca e nunca mais voltar ou encará-lo, a ele e a toda a gente, mas isso estava fora de questão. Vou partir…

Ana Rita Franco, 11 anos, escola EB1 Padre Francisco Soares, Torres Vedras

Desafio nº 103 – 3 frases impostas por ordem