09 março 2016

Acreditar

O Homem vive em espanto, por causa do sonho. Sonhou que vivia num mundo de encanto um mundo melhor, onde o ódio se transformou em amor, a guerra virou paz, e então podia deixar portas abertas, porque não havia ladrão, nem tão pouco corrupção.
Realmente é de espantar, viver nos sonhos de deixar portas abertas
ou então imaginar, porque já nem nos sonhos dá para acreditar.
Mas o Homem queria acreditar, senão de que lhe valia sonhar?

Natalina Marques, 56 anos, Palmela

Desafio RS nº 34 – frase de Mia Couto

Sem comentários:

Enviar um comentário