08 julho 2017

Isabel Lopo ― desafio nº 120

Quando os rapazes partiram, sentaram-se em silêncio na sala, que agora lhes parecia sobrar em tamanho...
Ele continuou a trabalhar, sem pressa de regressar a casa. Ela, na sua solidão, perdia-se em recordações...
Uma noite ele não regressou.
Então, ela retomou o mestrado que há muito abandonara.
Tempos depois, à saída das aulas, reconheceu-o. Num gesto impensado, juntou-se a ele. E retomaram o caminho de casa, como sempre o tinham traçado.
Apenas sabiam que esta tempestade serenara.
Isabel Lopo, 71 anos, Lisboa

Desafio nº 120 ― reencontrar o caminho sem V nem F

Sem comentários:

Enviar um comentário