29/09/17

Theo De Bakkere - escritiva nº 24

O lobo e Capuchinho Vermelho
O lobo malvado, que acabou a devorar de uma vez a avozinha da Capuchinho Vermelho, esperava deitado na cama pela menina, sua sobremesa. Quando a rapariga ingénua chegou, não apercebia que estava na cama um lobo mascarado. No entanto, os grandes olhos famintos e a boca babosa assustaram-na e no momento que perguntou porque tinha ela dentes tão grande, o lobo atacou-a para devorar. Felizmente o guarda-florestal andava nas paragens e pôde salvá-la das garras do antropófago.
Theo De Bakkere, 65 anos, Antuérpia Bélgica

Escritiva nº 24 - mini histórias da infância

Sem comentários:

Publicar um comentário