26 maio 2018

Celina Silva Pereira ― desafio 137

A professora procurou nas lembranças um conto de fadas e olhou a classe para procurar alguma inspiração. Achou um vaso de rosas e jornais do dia.

«Havia uma menininha que vendia rosas pelos restaurantes. Era noite, sem luz. Faltava combustível para os ônibus. Apareceu-lhe a fada madrinha, à chama de um isqueiro que achou na calçada. Fez um pedido e conseguiu não uma carruagem, mas um burro que surgiu da transformação de um brinquedo resgatado na rua.»
Celina Silva Pereira, 67 anos, Brasília, Brasil
Desafio nº 137 ― rosa, isqueiro, burro

Sem comentários:

Enviar um comentário