04 junho 2018

Diário 77 ― 64 ― As mensagens


– Tem a certeza?
Aquela senhora, entretida a mandar mensagens, apenas distraída pelo cliente e pela pastilha elástica que mascava com afinco, tinha toda a certeza.
– Então, sendo assim, como é que faço?
Deu-lhe a resposta num encolher de ombros, atrasando um pouco a rapidez do polegar. Depois, parou, entediada.
– Não percebeu? Não é desta secção, tem de ir ali àquela. Acha que sei tudo?
O homem resignou-se. Tinha só uma certeza – ela sabia mandar mensagens tão depressa!
Margarida Fonseca Santos


Sem comentários:

Enviar um comentário