22 junho 2018

Theo De Bakkere ― escritiva 33


Os jardins do palácio Fronteira 
Das janelas da biblioteca, olhei para os jardins de Fronteira, lá na sombra do pomar, uma multidão estava a ouvir um guia. E na galeria dos reis, como se fosse uma exuberante alcateia de lobitos, brincava uma turma de cadetes do exército ao jogo das escondidas. Injustamente, faltava-lhes o interesse para os azulejos.
Sem júri perito, acho a mais engraçada apresentação: daquele rancho de animais, tocando música, enquanto que o coro entoa uma canção em sinfonia polifónica.
Theo De Bakkere, 66 anos, Antuérpia Bélgica
Escritiva 33 ― 7 nomes coletivos

1 comentário: