03 julho 2018

Maria Loureiro ― desafio 144


Debruçada sobre a mesa, ela moía os grãos de café até lhe doerem os rins e o joelho. Adorava aromar a casa e soavam-lhe a sinfonia os gritinhos dos netos a ecoar pela cozinha.
Hoje adultos, privados da avó, retomaram os encontros de primos, privilegiam o café de saco, ou da velha máquina, envolto em recordações da infância, contadas entre grandes gargalhadas. Como se depreende, só esse café é muito bom, só esse café não se deprecia.
Maria Loureiro, 63 anos, Lisboa
Desafio nº 144 ― 10 verbos com certas características

Sem comentários:

Enviar um comentário