01 agosto 2018

Domingos Correia ― desafio 144


Lucas
Lucas era homem sábio, sem nunca ter andado na escola. Somava sem falhar. Tomava atenção a tudo e de tudo sabia um pouco. Sua profissão, moer grão. E da farinha, fazia e comia  boas bolas de sardinha. Quando soava o sino, apreçava-se, entoando cânticos religiosos. Não se privava de uma boa gargalhada, mas privatizava sua vida íntima. Nunca se deprimia, nem depreciava ninguém.
Sua máxima: nunca parar… se parar, dizia ele, acontece-me como à bicicleta, caio logo!
Domingos Correia, 60 anos, Amarante
Desafio nº 144 ― 10 verbos com certas características

Sem comentários:

Enviar um comentário