17/09/18

Rosário Oliveira ― desafio 134


Chegou demasiado tarde. O medo não esperara por si. Tinha subido todas as escadas sem olhar para trás nem para baixo, com os olhos virados ao alto, o coração aos pulos e o suor a pingar pelas virilhas, descontroladamente. Quase que se pôs de gatas no último lance mesmo antes de o ver, ali, à sua espera, pronto para lhe pisar as mãos. Levantou-se e correu com a força toda que tinha e, da varanda, gritou: consegui!
Rosário Oliveira, 52 anos, Amor, Leiria
Desafio nº 134 ― «Chegou atrasado…»

Sem comentários:

Publicar um comentário