15/10/18

Diário 77 ― 103 ― A pen


A pen
Tinha tudo numa pen, pensou que assim estaria a salvo de qualquer ataque à sua pessoa, à sua integridade.
Contudo, não contou que as finanças passassem a pente fino os seus bens, as transações, tudo!
Nunca imaginou tão pouco que o diabo levasse a cabo um plano tão potente que o fizesse ficar a penar pelas culpas de outros, para além das suas.
Ninguém o salvaria, nem o prepotente cúmplice. Agarrado à pen, atirou-se no vazio
Margarida Fonseca Santos
Desafio nº 27 – palavras que crescem (em anagrama)
OUVIR

Sem comentários:

Publicar um comentário