25/10/18

Margarida Freire ― desafio 152


Atento ao mundo, esperando sempre notícias diferentes, centrou a atenção nos sons do Rádio. Não, infelizmente, o amigo não se enganara. A loucura tomara conta daquela terra imensa a que chamava de Irmã – o Brasil.
João sentia o ardor das lágrimas a avivar-lhe a ferida, sentia revolta.
O Homem não tem emenda? Tem sempre de ser carrasco do seu Irmão?
NÃO! A Esperança é a ultima a morrer…
João levantou a cabeça, sorrindo. Força, Povo do Brasil! 
Margarida Freire, 76 anos, Moita
Desafio nº 152 – frase de Lídia Jorge

Sem comentários:

Publicar um comentário