29/12/18

André Paiva ― desafio 158


O telefonema
Concordo. E idealmente adeveria equacionar, nesse âmbito, trespassar a loja ao seu sobrinho. De quantos metros quadrados estamos a falar? (…) Setenta e sete? (…) Sim, sim: estou ciente desse pormenor, mas repare que estas seriam soluções meramente provisórias. (…) E o recheio da loja cabe nessoutro armazém? (…) Para lhe ser sincero, não me parece mal de todo… Uma mudança sempre implica novidade – movimento! – sobretudo nesta fase. (…) Claro, claro, não se preocupe: havemos de escrever tudo isto por extenso…”
André Paiva, 26 anos, Coimbra
Desafio nº 158 – acróstico de CEIA DE NATAL