30/01/19

Paula Tomé ― desafio RS 35

O que se diz.
Mesmo sendo meras palavras.
São tons de sim:
Querer conversa, prosa, poema.
Até se diz nada.
Silêncios também importam, muito.
São tons de não:
Dispensar padrões impostos, desconcertam.
Daí, não se é.
Recusar definições vindas doutros.
Não ir por aí.
Visões alheias, vidas desperdiçadas.
Ser como se é.
Querer dançar, sentir, abraçar.
Dito, há que ver.
Escutar, essencialmente, olhando dentro.
Ver o dito, sim.
Conversar, olhar sendo olhado.
Vida, ali e aqui.
Perceber.
Paula Tomé, 46 anos, Sintra
Desafio RS nº 35 – até 4 letras, mais de 4