22/01/19

Sílvia Rodrigues ― desafio 161

Ao longe ouvi o som forte e melodioso de um fagote. No ar, pairava um cheiro estranho que fazia lembrar o odor do azeite. Rumo à descoberta, coloquei o meu velho boné na cabeça, vesti um casaco fininho, uma tripa de tecido que cheirava a mofo, e caminhei pelo chão de areia e pedras brincando com uma fisga. Encontrei-o no campo de cereais a praticar. Nem uma mosca o perturbava. Música, um vicio tóxico no bom sentido.
Sílvia Rodrigues, 43 anos, Faro
Desafio nº 161 – 14 palavras com fisga

Sem comentários:

Publicar um comentário