03/02/19

Martim C ― desafio 158

Como eu ia ao departamento especial, não apresentei tanta emoção, lá. Não posso enervar-me: querem que eu tome conta do ladrão que chegou hoje.
Eu nunca tinha tido tanta responsabilidade na vida! Sinceramente não sei como agir a tratar de um criminoso destes, carregado com duas armas…
Que azar! Ontem o criminoso fugiu. Falhei! E lá em casa pus-me a chorar porque desiludi uma pessoa, que era o agente da PSP que confiou em mim esta responsabilidade.
Martim C, 6ºC, Escola Dr. Costa Matos, Gaia, prof Cristina Félix
Desafio nº 158 – acróstico de CEIA DE NATAL

Sem comentários:

Publicar um comentário