04 fevereiro 2019

Theo De Bakkere ― desafio 162

O último pedido
O médico exprimiu-se perante o paciente num optimismo brumoso. Mas depois, chamou a mulher de lado. Deu-lhe, sem deitar mais lenha no fogo fraco da esperança, a má notícia: seu marido só teria no máximo seis meses a viver.
Lentamente, pedra por pedra, a realidade apoderava-se da mulher. Ela estava agora consciente de que deveria se preparar para cumprir o último pedido do marido. Uma viagem para sua terra natal que tivera abandonado jovem e jamais revira.
Theo De Bakkere, 66 anos, Antuérpia, Bélgica
Desafio nº 162 ― pedra, nuvem, terra e lenha como indutoras

1 comentário: