04/04/19

Natércia Tomás ― desafio 168


Foi verdadeiramente surpreendente tudo que vi nessa noite. No céu limpo, noite agradavelmente calma, sem frio nem vento, vi uma luz incandescente, como que a voar no céu, um risco fluorescente a dançar ao som de um piano a tocar maravilhosamente. De repente desapareceu sem rasto. Abri os olhos desmesuradamente, em vão. Nada mais: o fenómeno ficou por ali. Mas até hoje na minha mente, se fecho os olhos à noite, ouço ainda um piano a tocar. 
Natércia Tomás, 65 anos, Caldas da Rainha.
Desafio nº 168 ― o caso surpreendente

Sem comentários:

Publicar um comentário