04/04/19

Inês Lourenço ― desafio 37


Viver é um sentido com ou sem objetivo. Vivemos o que nos é imposto; nem sempre se é feliz, por vezes nem tem de se ser. Queremos viver com sorrisos, contudo, se temos desilusões, somos desfeitos. Viver é um dom que surpreende. Em certos momentos, temos de digerir os trilhos menos retos. Se o mundo é feito de obstáculos, espinhos, tem diferentemente córregos floridos. Num mergulho profundo, somos surpreendidos e temos de responder, somos submersos e reemergimos.
Inês Lourenço, 20 anos, Mafra
Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Publicar um comentário