12/08/19

Carlos Rodrigues ― desafio 181


O dia tinha amanhecido com sol. Da minha janela via aquela obra interminável, que levantava uma areia infinita, um mar de grãos que procuravam um lugar para se infiltrar.
Ia tomar café na esplanada ao lado de casa, ler um pouco e estar com amigos. Agora não dava. Ainda por cima as abelhas que adoram este ambiente. Picaram-me. A minha carne era um farnel para elas. E só o creme que tinha posto me acalmava a comichão.
Carlos Rodrigues, 59 anos, Lisboa
Desafio nº 181 ― sequência imposta sem praia

Sem comentários:

Publicar um comentário