10/08/19

Elsa Alves ― desafio 180


Virgínia deteve o olhar mortiço na face árida da amiga.
Tratava-se de uma aridez aparente, uma máscara escondendo um dom magnífico: uma voz que lhe fora concedida para alegrar homens e mulheres comuns.
Às vezes, Virgínia pedia-lhe que cantasse e ela trauteava uma qualquer ária antiga. Era o suficiente para que Virgínia subisse ao céu.
Tinham-na visto deambulando na margem do rio a trautear uma qualquer ária antiga, mas ninguém a vira mergulhar nas profundas águas lodosas.
Elsa Alves, 71 anos, Vila Franca de Xira
Frase de Lygia Fagundes Telles,"Ciranda de Pedra"
Desafio nº 180 ― 10 palavras do livro que estamos a ler

Sem comentários:

Publicar um comentário