15/08/19

Helena Rosinha ― desafio 60

Procuraram-no pelo parque, alargaram depois as buscas aos campos vizinhos, contornaram vedações, saltaram valas, utilizaram cães. Do músico nem sinal. Tiveram então conhecimento de que, numa aldeia afastada, o novo organista tocava dia e noite sem cessar. Montaram guarda à igreja e, no momento apropriado, abordaram-no, perguntaram-lhe o nome. Ele, apreensivo, ergueu o braço, mostrando a pulseira da clínica com a identificação rasgada ao meio:
 “Agora sou apenas Sebastião, o meu apelido ficou preso no arame farpado.” 
Helena Rosinha, 66 anos, Vila Franca de Xira 
Desafio nº 60 – apelido preso no arame farpado (frase obrigatória)

Sem comentários:

Publicar um comentário