17/09/19

António Azevedo ― desafio 32


Não bastava estar sempre a trabalhar!
Agora também não ia ao baile!
Sentindo-se abatida e infeliz, chorou amargamente.
Mas uma amiga bondosa veio consolá-la.
Conseguiu arranjar-lhe um meio de transporte.
E, do nada, surgiu um vestido.
Sempre ia à festa!
Dançou e dançou, até mais não.
Voltou para casa sem um sapato.
Ao aperceber-se pôs-se à sua procura.
Gostava tanto daqueles sapatos.
Após várias desilusões ali estava ele.
A busca terminara.
Agora era esperar pelo próximo baile.
António Azevedo, 54 anos, Lisboa
Desafio nº 32 – 11 frases se 6 palavras + o que resta

Sem comentários:

Publicar um comentário