30/10/19

Helena Rosinha ― desafio 188


Final do terceiro ato.  Ele impassível, pregado à cadeira; ela exultante, entre aplausos e bravos: “Uma codia fantástica! Argumento, actores, tudo cinco estrelas! Anda, Dionísio, estás à espera de quê? E o burlão, tão bem apanhado… Há pessoas assim, enganam meio mundo, o drama é quando a máscara cai e a justiça entra em cena.“ 
Às palavras da mulher, reage com um estremecimento, olhar alucinado, prenunciando tragédia iminente.  A máscara! Era isso. A dele começava a descolar. 
Helena Rosinha, 67 anos, Vila Franca de Xira
Desafio nº 188 ― sílabas de estremecimento

Sem comentários:

Publicar um comentário