11/10/19

Mónica Marcos Celestino ― desafio 186

O desengonçado marino
Com pungente angústia amaldiçoava
o desengonçado marino
as rebeldes ondas
que o engolir queriam.

Qual humildes bengalas
vergavam-se os mastros
às vingativas vagas feiticeiras
com chilreante gemido esgasgado.

O destecido velame
nas enganosas águas baloiçava,
como engraçada moça
de alvacentas fraldas engalanada.

Sonhando com longínquas terras
de caldas praias
o rumo proseguia
sem ninguém o deter.

Com dengoso passo
baldava os mares maldispostos
e, qual intrépido soldado,
aos ventos enganava.

Ingénuo, pretendia
arribar a seu destino.
Mónica Marcos Celestino, 47 anos, Salamanca (Espanha)
Desafio nº 186 ― 12 palavras com LD e NG

Sem comentários:

Publicar um comentário