28/11/19

António Azevedo ― desafio 38


Vivemos num silêncio cheio de frases não ditas. Mas, será VIver este deVIAMeaçador dOS dias? ENUMero e SInalizo todas as LEmbranças dum outro tempo, duma outra vida. Cada um na sua coNCha já só vive o frIO da solidão, o CHeiro bafiento da ausência do outro. SEI que atingimos o fim deste caminho pois o tempo erODiu o nosso futuro. EFetuei demoRAdas análiSES sobre como aqui chegámos. o cheguei, tODavia, a aceITar AS minhas próprias conclusões!
António Azevedo, 54 anos, Lisboa
Desafio nº 38 – partindo de uma frase, utilizar os pares de letras desta para o texto