23/11/19

Maria Silvéria dos Mártires ― desafio 190

Gaivotas ensaiavam lindo bailado, com alegria e júbilo corriam a praia brincando
com algazarra e jovialidade açoitadas pela leve brisa do vento sem jeito, para que num brado dissipasse o nefasto joio que alastrava a bela seara verdejante numa fatídica abominável e péssima birra que era uma judiaria tudo contra a beleza desvalorizando a parte justa das gaivotas lindas balbuciando que eram como joias raras que com brilho davam ao universo justiça de Deus, felicidde e bênçãos.
Maria Silvéria dos Mártires, 72 anos Lisboa
Desafio nº 190 ― de 3 em 3, B ou J