15/12/19

Mónica Marcos Celestino ― desafio 192


GAIVOTAS EM PEDRA
Em dura grisalha pedra
poderá tornar algum dia
a sábia mão do artista
aquelas risonhas gaivotas
que ao ar lançavam majestosas
a sua estridente alvorada.

Silenciar poderá algum dia
o habilidoso buril afiado
aquele pungente chilrear
com o qual, orgulhosas,
vencer pretendiam,
as rosadas nuvens
da madrugada.

Paralisar poderá algum dia
o pertinaz martelo talentoso
aquelas brancas asas
que, contra vento e maré,
sulcar desejavam, impetuosas,
acima das baloiçantes ondas.

Mas não deixarão jamais
de ansiar horizontes.
Mónica Marcos Celestino, 47 anos, Salamanca (Espanha)
Desafio nº 192 ― gaivotas em pedra