22/06/20

Fernanda Malhão ― desafio 35

Amar é ter um pássaro pousado no dedo, apreciamos a sua beleza, sorrimos ao ver a sua delicadeza, ficamos contentes só por tê-lo ali. Mas a sua presença deve ser leve, livre, não por estar preso, acorrentado ao nós. Livre para poder usar os seus talentos: cantar e voar. E quem sabe terá vontade de voltar onde a sua presença é aconchego.  O amor, é sentimento forte, mas mais do que eterno, que seja infinito enquanto dure!
Fernanda Malhão, 44 anos, Gondomar
Início: Ruben Alves
Fim: Vinícius de Morais
Desafio nº 35 – partindo de dois versos de autor

Sem comentários:

Publicar um comentário