30/07/20

Natalina Marques – desafio 215

O CASO estava difícil de resolver. Tinha as MÃOS trémulas, não sabia se passaria no TESTE.
O seu sonho era ser hospedeira, pois adorava viajar, queria conhecer o MUNDO.
A NOTÍCIA da queda do avião não a perturbou, simplesmente pensou que todos partimos um dia, seja pelo que for.
A família tentava dissuadi-la da ideia, mas ela mantinha-se à DISTÂNCIA, sempre que podia, evitava conversas.
Quando recebeu os resultados, a MÁSCARA caiu, o medo instalou-se no rosto.
Natalina Marques, 61 anos, Palmela
Desafio nº 215 7 palavras obrigatórias

Sem comentários:

Publicar um comentário