22/07/20

Theo De Bakkere – desafio 214

O trauma
Detestou ler de voz alta, dava-lhe tonturas por reconhecer tantas minúsculas naquela cacofonia de letras.
Ao ler, os olhos fixavam as letras das sílabas, um dedo seguia lentamente para não perder nenhuma letra pronunciada.
Porém, tudo acabava mal, normalmente usou o pretexto que ninguém conseguirá decifrar um escrito em letra do médico. Desta vez o subterfúgio não ajudou, as letras estavam de letra redonda. Ainda bem, o professor entendeu o trauma, pois esse aluno sofria da alexia.
Theo De Bakkere, 69 anos, Antuérpia-Bélgica
Desafio nº 214 – à volta da palavra letra»

Sem comentários:

Publicar um comentário