07/10/20

Elsa Alves – desafio 115

Último dia de férias. Nem tudo tinha sido sol, azul cristalino, macias areias brancas. Tinham continuado a ouvir as notícias, a saber das mortes. Vivendo o sofrimento dos outros. Sentido falta do antigo areal sem palhotas, com paus a servir de baliza, com miúdos felizes a jogar. Irritante, aquela música chunga e invasiva do bar da praia. Nos momentos de paz e silêncio desfrutados, até tinham sido, burguesmente, felizes. Mas, amanhã era dia de regressar ao medo...

Elsa Alves, 72 anos, Vila Franca de Xira

Desafio nº 115 – frase de Valter Hugo Mãe

Sem comentários:

Publicar um comentário