29/03/21

Maria João Cortês – desafio 213

Ela ali estava a seguir-me com o olhar. Uns olhos esbugalhados plantados numa cara de velha.

Ao longo dos anos, a fisionomia mudava conforme os cortes que sofria.

Houve uma época, em que ela me metia medo e desviava sempre o caminho para não ter de a enfrentar.

Mais tarde quando namorava íamos para longe, não fosse ela estar a espiar-nos.

Agora já não me mete medo, é uma simples arvore com umas características diferentes das outras.

Maria João Cortês, 78 anos, Lisboa

Desafio nº 213 – imagem de madeira

Sem comentários:

Publicar um comentário