27/04/21

Helena Rosinha – desafio 240

Não era para se gabar, mas era uma bela mulher. Dizia e demonstrava-o a cada instante. Exibia o melhor sorriso, escolhia as melhores poses, roupas, carteiras sofisticadas. Era maravilhosa. Mas (há sempre um mas), quanto a calçado… Caramba! A vida caía-lhe aos pés todos os dias. Impossível ocultar o que era feio de raiz. Vã a arte dos mais afamados mestres sapateiros. Ignorar? Como, se estavam ali debaixo dos olhos? Que desespero, que deslustre no seu encanto!

Helena Rosinha, 68 anos, VFX

Desafio nº 240 – a vida caía-lhe aos pés